Trilha do Morro de Santo Antônio é liberada após extinção de incêndio

Para atividades de visitação na Unidade de Conservação, localizada em Santo Antônio do Leverger, é necessário autorização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT)
morro_santoantonio

Da Redação

A trilha do Monumento Natural Morro de Santo Antônio foi liberada. Ela estava interditada devido ao incêndio florestal que atingiu o morro, mas o fogo foi extinto na tarde de terça-feira (17.11). Para atividades de visitação na Unidade de Conservação, localizada em Santo Antônio do Leverger, é necessário autorização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT).

O incêndio florestal começou na noite de segunda-feira e foi combatido pelo Corpo de Bombeiros. Os esforços das equipes e a chuva na região conseguiram apagar as chamas. Na manhã de quarta-feira (18.11) os militares constataram que não havia mais pontos de incêndio e após inspeção foi verificada que a trilha não sofreu nenhum dano e estava segura para ser liberada.

Além do combate direto, equipes do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) trabalharam para contenção das chamas e segurança das proximidades de chácaras e residências da região com a confecção de aceiros manuais. Todas as medidas operacionais foram aplicadas para mitigar situações de risco aos moradores locais e para proteção da fauna e flora ali presentes.

As chamas estavam em um local de difícil acesso por se tratar de um incêndio em região montanhosa. Foram utilizadas três viaturas e nove bombeiros militares trabalharam para contenção do incêndio, além da utilização de um drone que auxiliou na avaliação aérea do incêndio florestal no morro de Santo Antônio, que é uma área proteção integral localizada no bioma Pantanal e que tem um total de 258 hectares.

Subida deve ter autorização da Sema

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) orienta sobre a necessidade de autorização da Coordenadoria de Unidade de Conservação (Cuco) para atividades e visitação no Morro de Santo Antônio.

Essa solicitação serve tanto para pessoas que desejam subir sozinhas, quanto para grupos de excursão. A entrada irregular no monumento pode resultar em autuação.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também