CUIABÁ
25 de setembro de 2021 - 05:26

TCE-MT quer conhecer medidas adotadas em todo Estado para retorno às aulas presenciais

Encontro vai abordar ações de acolhimento de servidores e alunos e avaliações diagnósticas para identificar níveis de aprendizagem
TCE

Por Esportes & Notícias

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) quer conhecer as medidas implementadas pelo Governo do Estado para retorno às aulas presenciais na rede pública de ensino.  na próxima quarta-feira (15), a partir das 9h, vai envolver todos os atores envolvidos neste processo, como prefeitos, secretários municipais de Educação, membros dos conselhos municipais e estadual de Educação, dirigentes da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), vereadores, deputados estaduais e demais interessados.

Dentre os pontos que serão abordados estão as ações de acolhimento dos corpos discente e docente, bem como dos demais funcionários das escolas, avaliações diagnósticas para identificar os diferentes níveis de aprendizagem dos estudantes e as principais lacunas de conhecimento, estratégias para combater a defasagem, protocolos de biossegurança adotados nas unidades escolares, estratégias para evitar o abandono e a evasão escolar na volta às aulas, bem como a análise histórica, projeções e medidas para assegurar o cumprimento dos mínimos constitucionais e legais de aplicação dos recursos em Educação, incluindo percentuais do novo Fundeb.

O encontro organizado pela ela Secretaria Geral da Presidência (Segepres) do TCE-MTserá realizado de forma híbrida,  com sede no auditório da Escola Superior de Contas, transmitido pelo Canal do TCE-MT no YouTube (clique aqui). Estarão no local conselheiros, procuradores de Contas e servidores da Secretaria de Controle Externo (Secex) de Educação e Segurança e de outras unidades do tribunal relacionadas ao tema.

 

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também