Ribeirão do Lipa recebe câmeras de videomonitoramento do CIOSP

As duas primeiras câmeras já foram instaladas e estão funcionando, sendo uma na rotatória em frente ao Florais Cuiabá e a outra na rotatória do Florais dos Lagos
18.04.16-–-Em-até-90-dias-Estrela-contará-com-videomonitoramento - Edited

Por REDAÇÃO Esportes & Notícias

A região do Ribeirão do Lipa, em Cuiabá, passará a ser atendida pelo sistema de videomonitoramento integrado ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Ao todo, cinco câmaras serão instaladas em pontos estratégicos da região, graças a parceira da Ginco Urbanismo e a Sesp.

A área margeia duas rodovias estaduais, a MT 010 (estrada da Guia) e a MT 251 (estrada para Chapada), e se tornou uma das mais movimentadas da capital de Mato Grosso nos últimos anos, devido a construção de inúmeros condomínios e empresas. O grande movimento de veículos e pessoas tornou essencial a implantação de mecanismos de segurança na região. Pesquisas apontam que onde existe uma câmera a criminalidade no entorno diminui consideravelmente.

As duas primeiras câmeras já foram instaladas e estão funcionando, sendo uma na rotatória em frente ao Florais Cuiabá – onde já existem vários estabelecimentos comerciais – e a outra na rotatória do Florais dos Lagos, na rodovia que dá uma acesso alternativo a MT 251.

As outras três câmeras entram em funcionamento dentro de 30 dias e estarão localizadas nos fundos dos Florais do Valle (com acesso a estrada da Chapada), outra na extensão da avenida do Florais, no trecho que liga a MT 010 a avenida Mário Palma e, a terceira, no final da rua Mário Palma, próximo ao novo pronto socorro de Cuiabá, já atendendo aqueles que utilizarão os serviços do hospital ou irão trabalhar no local.

“É uma região estratégica, de grande movimento, com inúmeros acessos a rodovias para veículos em fuga, e com baixa iluminação. As câmeras estão sendo instaladas em locais estratégicos e especiais, para garantir a segurança não só dos moradores da região, mas dos trabalhadores que para lá se locomovem diariamente, a maioria em horários em que ainda há escuridão, no começo da manhã ou à noite”, explica o diretor da Ausec – Automação e Segurança, Wagner Roberto Figueiredo, responsável pela instalação do sistema.

Wagner conta que a câmera de videomonitoramento mais próxima da região está instalada há, pelo menos, sete quilômetros, no Parque das Águas.

Na parceria firmada entre a Ginco Urbanismo e a Sesp prevê a instalação de uma sexta câmera, na Avenida das Torres, no entroncamento entre os bairros Tijucal e São João Del Rey, próximo aos Florais das Torres. “Em todos os empreendimentos que entregamos oferecemos benefícios não somente dentro dos condomínios, mas também no entorno, como asfalto, infraestrutura e iluminação. A ideia desta parceria foi justamente dar continuidade a essa política de atuação da Ginco”, afirma o sócio-diretor da empresa, Júlio Braz.

A Ginco está investindo R$ 400 mil na aquisição de todo sistema para a instalação das seis câmeras, chamadas de câmeras móveis pois permite um giro de 360 graus. O investimento incluí ainda a aquisição de postes metálicos galvanizados, links de comunicação a rádio com sistema criptografado, novos discos rígidos e software para ampliação da capacidade de armazenamento de dados do sistema de videomonitoramento do Ciosp, entre outros itens. “Esta é uma área de franca expansão em Cuiabá e que temos orgulho de ter ajudado a nascer e agora a se desenvolver com mais qualidade e segurança”, aponta Júlio Braz.

O objetivo do Sistema Integrado de Monitoramento de Veículos é integrar tecnologia de imagens e trocas de informações entre os agentes de segurança, no intuito de coibir o roubo e furto de veículos, tráfico de drogas e redução da violência nas rodovias, a sonegação fiscal e crimes ambientais.

“Todas as câmeras e demais itens são o que existe de melhor no mercado. Câmeras de última geração e alta precisão com infra vermelho, para captação de imagem em locais baixíssima iluminação, o software é canadense, o sistema de rádio de Israel, as câmeras são suíças. Cabe a Secretaria de Segurança fazer apenas o monitoramento”, explica Wagner.

O sistema funciona por meio de parceria, em que cidadão adquirir a câmera e fazer a instalação na frente do estabelecimento comercial. Todas as imagens captadas externamente chegam ao centro de controle do Ciosp e são monitoradas.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também