CUIABÁ

Policial civil é barrado no PS de Várzea Grande e dispara arma em meio à pacientes

O suspeito chegou a unidade querendo fazer uma visita à sua esposa e foi informado que naquele horário não poderia estar adentrando o hospital
61ae2d35508cd77bb7ea902d6d4dfd10

publicidade

Um Policial civil se estressou, após ter a entrada barrada,  no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), ele sacou uma arma e disparou dentro da unidade.

Conforme boletim de ocorrência, a guarnição foi acionada via Ciosp, com a denúncia de disparo de arma de fogo na manhã desta sexta-feira (14).

Segundo relato do segurança do local, o suspeito e outras pessoas chegaram ao local querendo fazer uma visita, à esposa que estava internada no local e foi informado que naquele horário não poderia estar adentrando o hospital.

Entretanto, o suspeito não obedeceu a informação do funcionário e invadiu o local.

Ao ser repreendido pelo funcionário da unidade, o policial civil sacou uma arma de fogo aparentando ser um revólver efetuando um disparo de arma de fogo no chão. O disparo acertou um carrinho de alimentos. Após o tiro, o homem colocou um distintivo da PJC no peito e fugiu do local, em um veículo Toyota Corolla de cor prata.

Haviam muitos pacientes no local, e várias pessoas sentadas no corredor aguardando atendimento. 

O disparo quase acertou os populares, causando grande alvoroço e agitação entre os presentes no local. Algumas pessoas passaram mal devido ao som do disparo em ambiente confinado. 

Diante dos fatos, a guarnição deslocou até a central de flagrantes para confecção deste boletim de ocorrência para demais providências pertinentes.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade