CUIABÁ

Pedro Taques recebe apoio de artesãos e garante espaço para a exposição de produtos

publicidade

Fortalecer o artesanato dentro de uma plataforma de desenvolvimento sustentável é um dos compromissos assumidos pelo governador Pedro Taques (PSDB) no segundo mandato. Com a continuidade do Projeto de Economia Criativa, o governo irá impulsionar o empreendedorismo no setor. A ação foi debatida com artesãos, nesta semana, que declararam apoio ao projeto de reeleição do tucano.

Na oportunidade, Taques disse que vai atender a principal demanda dos artistas, que é um local para expor e vender os seus trabalhos. Entre as áreas elencadas na reunião está o prédio do atual Centro de Reabilitação Dom Aquino Côrrea (Cridac), em frente ao estádio Dutrinha, em Cuiabá.
O governador destacou que em breve o centro de reabilitação será levado para o Centro Político Administrativo (CPA), no antigo Hospital Central. O prédio já está pronto e está sendo mobiliado para o uso.

“A nossa administração fez muito pelo artesanato do estado de Mato Grosso, temos uma superintendência na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) cuidando disso. Vamos ter o prédio do atual Cridac livre. O local é central e tem uma localização estratégica interessante para que os produtos criativos possam ser comercializados”, afirmou Pedro Taques.

Na gestão Pedro Taques, a Superintendência de Desenvolvimento da Economia Criativa tem como missão promover o desenvolvimento do setor no território mato-grossense, tendo como princípios: inovação, diversidade cultural, sustentabilidade e inclusão social. Nos últimos anos, foram realizadas diversas atividades que contribuíram significativamente para início do desenvolvimento da economia criativa em Mato Grosso e para que, atualmente, o Estado seja reconhecido nacionalmente como um dos ecossistemas de economia criativa e inovação do Brasil.

“Estamos há poucos dias das eleições, vocês me conhecem e conhecem os outros candidatos. Quero pedir o apoio da classe, vocês sabem que eu vou investir no setor. No ano que vem nós teremos mais dinheiro para fazer investimentos porque passamos um tempo significativo arrumando a casa. Estamos muito animados com o que está por vir e conto com o apoio de vocês”, afirmou Pedro Taques.

Umas das lideranças da reunião Idalba Reiners Griggi, formada em artes e que trabalhou 10 anos com artesanato, conta que a reunião com o governador foi produtiva. Para ela, com Pedro Taques os artesãos sabem que tem uma porta aberta com a gestão estadual.

“Essa reunião serviu para abrir as portas do governo para que a população possa estar junto com as pessoas que trabalham pelo estado de Mato Grosso. O segmento tem que ser unido nesse sentido e ser parceiro do nosso governador. Trabalhei com o artesanato e sei as dificuldades do setor. O governador está disposto a nos ajudar sempre”, finalizou.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade