Pedido de perdão foi negado, diz pai de adolescente que matou Isabele

fc318c6fb5c4c64128757b154280601c

Por: Esportes & Notícias

O empresário Marcelo Cestari, pai da garota B.O.C, 15 anos, que atirou e matou a adolescente e amiga Isabele Guimarães Ramos, 14, disse que tentou pedir perdão para a família da vítima, porém, não conseguiu  êxito.

“Ligamos para um tio de Isabele para tentar fazer esse contato no dia do velório, mas infelizmente as portas foram fechadas para esse tipo de conversa”, relatou.

As declarações de Marcelo foram dadas durante entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira (16).

Em outro trecho, o empresário afirma que tentará contato novamente com a família, quando a dor passar.

“Em um momento oportuno que essa dor passar, eu acredito que a gente vai conseguir sentar e conversar”, completou.

Ao ser questionado se a filha encontra-se arrependida, Cestari voltou afirmar que se trata de um “infeliz acidente”.

“Ela não usou a arma, foi um acidente que aconteceu. Quando eu falo isso, é no sentido estrito da palavra e não no técnico. Foi um infeliz acidente onde ela perdeu a melhor amiga”, respondeu.

O caso ocorreu no dia 12 de julho, no condomínio de luxo Alphaville, na Capital. Isabele foi morta com tiro no rosto dentro de um banheiro, localizado na residência da adolescente.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também