CUIABÁ
27 de fevereiro de 2021 - 17:54

Novelli participa de sessão do TCE-MT após 3,5 anos de afastamento por suposto recebimento de proprina

O conselheiro do TCE-MT é investigado pela Operação Ararath, que apura ilícitos na aprovação das contas do ex-governador Silval Barbosa.
Noveli

Por Esportes & Notícias

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, José Carlos Novelli, disse nesta terça-feira (23), que a Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) devem arquivar a investigação sobre suposta propina de R$ 53 milhões que ele e outros conselheiros teriam recebido do ex-governador Silval Barbosa para aprovação das contas governamentais referentes as obras realizadas em Mato Grosso para a Copa do Mundo de 2014.

Noveli ficou afastado do TCE-MT por três anos e cinco meses e conseguiu voltar na última semana quando o MPF deu parecer pela não renovação do afastamento, o que foi acatado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Raul Araújo. Ele é investigado pela  Operação Ararath, que apura ilícitos na aprovação das contas do ex-governador Silval Barbosa.

“A PF e o MPF tiveram tempo para chegar a conclusões, e acredito que o próximo passo é o arquivamento. Já há jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) de que mais de 2 anos deve ser arquivado, só isso já demonstra nossa inocência. Mas eu não vou ficar olhando para o passado, vou olhar para o futuro porque a sociedade depende do TCE-MT para ter controle externo, eficiente, eficaz e efetivo”, disse.

“Se depois desse tempo todo, a Polícia Federal nos investigou com toda imparcialidade, tivemos sigilo bancário e fiscal quebrado, e agora com parecer favorável do MPF para nosso retorno, com decisão do ministro, fica caracterizado que esse passado é um passado, triste, dramático, mas é passado. Não há a mínima possibilidade que aconteça qualquer coisa diferente nesse contexto”, completou.

 

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também