CUIABÁ
18 de janeiro de 2021 - 11:55

Neurilan toma posse na AMM e anuncia fim da rixa com novos prefeitos de MT

Neurilan disse que os problemas estão superados e, agora, seu foco é em sua gestão
AMM

Por: Esportes & Notícias

Neurilan Fraga (PL), ex-prefeito de Nortelândia, eleito para o quarto mandato de presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), tomou posse nesta quarta (13).

Depois de uma eleição conturbada, ocorrida em 15 de novembro, com muitas críticas dos novos prefeitos, Fraga acabou fortalecido. Venceu uma briga judicial para que pudesse concorrer, já que não é prefeito atualmente e o estatuto da instituição não previa reeleição, mas foi beneficiado pelo Tribunal de Justiça (TJMT) após suspensão de decisão de primeiro grau.

Neurilan disse que os problemas estão superados e, agora, seu foco é em sua gestão. Fez questão de falar sobre as ações movidas pelos prefeitos de Campo Verde, Alexandre Lopes (PTD) e de Lucas do Rio Verde (MDB), Léo Bortolin, que foram retiradas. O gestor foi reeleito com 76 votos (64%) do total de 119. A chapa derrotada era encabeçada pelo ex-prefeito de Água Maurão Rosa (PSD). Antes da eleição, Neurilan articulou a reforma do estatuto da AMM. Além de impedir os novos prefeitos de votar, aumentou o mandato de dois para três anos.

“Eleição cada uma tem uma história. Você pega a eleição de prefeitos e tem a disputa no município. Contra, seu adversário, oposição. Naquele momento do calor da eleição tem reações diferentes, mas passa a eleição e a vida continua. Tem que unir quem ganhou com quem perdeu e fazer com que as coisas aconteçam”, disse.

Seu foco, conforme revelou, é o diálogo com os novos prefeitos eleitos para explicar sobre o funcionamento da associação. Reeleito, Neurilan recebe salário de R$ 24,9 mil e comanda uma estrutura de 57 funcionários efetivos, mais os terceirizados da Central de Projetos. O orçamento da entidade é de R$ 14 milhões.

Para essa gestão, destacou que vai trabalhar para aumentar a quantidade de serviços prestados pela AMM e ampliar a atuação em Brasília para trazer mais recursos para os municípios em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Segundo Neurilan, pauta municipalista para este ano inclui vários temas, como a aprovação do acréscimo de 1% do Fundo de Participação dos Municípios – FPM em setembro, além do avanço das reformas Tributária, Administrativa e do Pacto Federativo, consideradas muito importantes para os municípios. Estão também na pauta projetos relacionados à saúde, educação, licitação, entre outros.

“Desde o ano passado fizemos o orçamento e fizemos nosso planejamento. Porém com esse crescimento da pandemia vamos ter que fazer algumas adequações. Inclusive no dia de hoje teríamos reunião com o ministro [Eduardo] Pazuello para discutir a questão da vacinação contra o novo coronavírus”, pontuou.

 

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também