CUIABÁ
05 de dezembro de 2021 - 19:27

Neri puxa orelha de Bolsonaro: “pra disputar a eleição é preciso ter serviços prestados”

O deputado acredita que discussões ideológicas devem ser deixadas de lado para se discutir um país melhor para a população
neri nova

O deputado federal Neri Geller (PP), apoiador do governo Bolsonaro, disse que o presidente está mudando de perspectiva, tem deixado de lado discussões ideológicas e focado na administração. Prova disso teria sido sua viagem à China e Dubai com vistas a retomada comercial entre os países.

“Acho que o presidente é bem intencionado, mudou o conceito de administrar, mas precisa caminhar na retomada da economia. Tivemos muitos problemas no equilíbrio fiscal por conta da pandemia e do fechamento de mercados, mas estamos retomando. A viagem a Dubai sinalizou pro mundo árabe que o Brasil é um grande parceiro comercial”, disse.

Neri chamou a atenção para a necessidade de investimentos internos. Afinal, para disputar uma eleição “é preciso ter serviços prestados”.

“Precisa cuidar do estado brasileiro, fazer as obras de infraestrutura. Qualquer um de nós que for disputar uma eleição tem que ter serviços prestados. Se tiver, vai pro debate. A população não terá o extremismo que teve na eleição passada. Tomara que se volte a discutir o país”.

“Qualquer político hoje, precisa se pautar num projeto de governo, em ações concretas. Fazer obras de infraestrutura, melhorar a saúde, a educação, fazer alguns ajustes na economia. O debate ideológico sobre o mercado internacional não foi bom para o Brasil. Fechou as portas com a China. Graças a Deus o presidente está mudando a forma de governar”, completou.

Bolsonaro deve voltar ao Partido Progressista, partido de Centro e sua origem até 2018 quando saiu para o PSL.

“Quem dá sustentação ao presidente são os partidos de centro. O retorno dele contradiz um pouco com o que ele fez em 2018, quando foi candidato pelo PSL, mas o PP é sua origem. O Brasil tem regime presidencialista e ele precisa da base no Congresso. É assim que funciona e é legitimo na democracia. […] Bolsonaro tem que ter força junto aos empresários para que a gente possa explorar o potencial econômico do país produzindo, gerando emprego e renda para a população brasileira”.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também