Mulher diz que estava sendo estuprada, chama polícia e cliente a acusa de furto

A briga que começou em uma suíte de motel, em Cuiabá, foi terminar na delegacia, após um homem ser encontrado ferido, uma garota de programa o acusar de estupro e todos irem para a polícia
garota programa agredida em motel..

Por Esportes & Notícias

Uma mulher que atua como garota de programa acionou a gerência de um motel, na madrugada de terça-feira (15), em Cuiabá, após afirmar que foi agredida por um cliente. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o homem com um corte na mãe e com marcas de sangue, que também estavam espalhadas pela suíte. O suspeito alegou que foi furtado pela profissional. O caso foi parar na delegacia.

De acordo com as informações, por volta da 1h30, a gerente recebeu ligação de um dos quartos, onde a mulher afirmava que estava sendo estuprada. A funcionária flagrou ainda a mulher com sangue nos braços. PM foi acionada e entrou na suíte. Lá, visualizou o homem com um corte na mão e com sangue na roupa e em outras partes do quarto.

A suíte estava com vários objetos danificados, mas a mulher negou o crime de estupro. Segundo a vítima, o que houve foi uma agressão por parte do cliente, que também quebrou o seu celular.

Já o homem alegou que estavam conversando e que ela desabafou fatos da sua vida pessoal, e que, em seguida, teve um ‘surto’, ficou alterada e começou a agredir o homem, que pediu para ela se afastar e que encerraria o programa.

Afirmou que ela foi contratada por R$ 400, mas que durante o período em que estiveram na suíte, a moça furtou dinheiro de sua carteira, mas não soube dizer o quanto.

Na versão dela, o homem deu uma quantia a mais para ela continuar no local. Diante dos fatos, os dois foram encaminhados para a Central de Flagrantes onde o caso foi registrado pela Polícia Civil.

Veja as fotos:

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também