CUIABÁ
18 de janeiro de 2021 - 13:07

Moraes prorroga em 60 dias inquérito sobre interferência na PF contra Bolsonaro

134508


source
Jair Bolsonaro
Marcos Corrêa / PR

Presidente da República, Jair Bolsonaro durante Cúpula do G20

O ministro  Alexandre de Moraes , do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por um período de 60 dias o inquérito que investiga se o presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) tentou interferir na  Polícia Federal (PF).

Em despacho desta sexta-feira (27), Moraes, que relator do inquérito, determinou que a Procuradoria Geral da República (PGR) se manifeste em até cinco dias sobre a necessidade de depoimento do presidente. Nesta quinta-feira (26),  o presidente desistiu de depor nesse caso.

Após o parecer da PGR, o ministro do STF deve decidir se atende à dispensa do depoimento e se manda o inquérito para a PF concluir as investigações.

O inquérito foi aberto em abril após o ex-ministro da Justiça Sergio Moro ter acusado Bolsonaro de tentar interferir na PF ao demitir o então diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, com o objetivo de proteger familiares e aliados de investigações.

Desde o início das investigações, Bolsonaro nega as acusações de interferência.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também