Skip links


Mendes se encontra com integrantes da Frentinha e pode ampliar o arco de alianças

Mauro vem encabeçando as conversas com dirigentes de outros partidos e já contabiliza ter nas eleições uma aliança com mais de 10 partidos

Por: Esportes & Noticias

Com o aval dos caciques do Partido Democrata, o DEM, entre eles os irmãos Júlio e Jayme Campos, o candidato ao governo do Estado, Mauro Mendes vem encabeçando as conversas com dirigentes de outros partidos e já contabiliza ter nas eleições uma aliança com mais de 10 partidos.

Nesta semana ele se encontrou, em Várzea Grande, com os integrantes de 7 partidos nanicos, que já conversaram com o governador Pedro Taques (PSDB), Wellington Fagundes (PR) e Otaviano Pivetta (PDT). O encontro foi considerado excelente e já se prevê a entrada de todo o grupo ou parte dele, que forma a Frentinha, na aliança democrata.

Representantes de outras legendas também se fizeram presentes, como o ex-presidente da Ager (Agência de Regulação do Estado), Eduardo Moura (PSD), e o deputado estadual Zeca Viana (PDT).

“Na reunião, o Mauro disse que está trabalhando para construir uma frente de partidos e de levantar apoio financeiro dentro dos limites permitidos pela nova legislação eleitoral para uma eventual disputa ao governo estadual. Para mim ficou claro que o Mauro Mendes é candidatíssimo ao pleito deste ano e que vai oficializar a sua pré-candidatura nos próximos dias”, revelou o vereador por Cuiabá, Dilemário Alencar, presidente regional do Pros e que também esteve no encontro.

Delimário, aliás, foi ao encontro de Mauro Mendes quando disse que a Frentinha deve mesmo se aliar ao ex-prefeito de Cuiabá.

“A tendência dos partidos que compõem a frente é de apoiar a pré-candidatura dele Mauro Mendes. O que leva esse apoio ao Mauro é o fato dele ter um histórico de gestor público eficiente, onde saiu da Prefeitura de Cuiabá com alta aprovação popular”, avaliou.

Imprimir essa matéria

Faça o seu comentário

Return to top of page