Maurélio Ribeiro pede demissão da presidência do quase falido MT Saúde

Maurelio Ribeiro

O médico e ex-vereador Maurélio Ribeiro não é mais o presidente do MT Saúde, um plano de saúde destinado aos servidores públicos estaduais e que não vem dando nenhuma garantia de atendimento médico. Ele entregou seu pedido de exoneração, em caráter irrevogável ao governador Pedro Taques no início da noite de quarta-feira.

Maurélio, que apesar da estrondosa votação para a Câmara Municipal de Cuiabá não conseguiu se reeleger assumiu o comando do MT Saúde em fevereiro de 2017, em substituição ao ex-deputado Carlos Brito que foi para a Casa Civil.

Em sua gestão o MT Saúde sofreu um enorme baque com falta de recurso, motivado pela decisão do Governo do Estado em não repassar o dinheiro que arrecadava em folha dos servidores conveniados ao instituto.

A falta destes valores levou o MT Saúde a acumular uma dívida com hospitais, médicos e laboratórios de quase R$ 30 milhões. Os hospitais particulares neste ano resolveram suspender o atendimento ao portadores do plantão, o mesmo acontecendo com médicos e laboratórios, o que corre o risco do MT Saúde, além de estar insolvente, ser definitivamente fechado.

Maurélio Ribeiro, ainda chegou a propor um reestruturação para salvar o MT Saúde, que tem cerca de 27 mil associados. O projeto apresentado por ele não saiu das gavetas das secretarias de Fazenda e Gestão, o que pode ter provado seu pedido, em caráter irrevogável de demissão do cargo.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também