Skip links


Júlio Campos confirma que convenção do DEM será dia 25 de julho, majoritária definida

Em sua fala garante que Piveta será o vice de Mauro Mende e que majoritária está definida com Adilton Sachetti

Por: Esportes & Noticias

Depois do deputado Zeca Viana (PDT) ter revelado que o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta estaria perto de desistir de sua candidatura ao Governo do Estado para ser vice na chapa do Democrata Mauro Mendes, ex-prefeito de Cuiabá, agora é a vez de um dos principais caciques do DEM, o ex-governador Júlio José de Campos, confirmar que a dobradinha deverá mesmo se repetir nas eleições deste ano. Ele foram candidatos ao governo em 2010, quando perderam para o ex-governador Silval Barbosa.

Integrante da alta cúpula do partido, ao lado de seu irmão, o também ex-governador Jayme Campos, Júlio Campos disse que as negociações para a formação da chapa majoritária estão bem avançadas e confirmou que o deputado federal Adilson Sachetti (PRB), com a benção do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e por estar em um partido que terá um bom tempo de publicidade politica na televisão e deverá ser o segundo nome na disputa ao Senado Federal – o primeiro é de Jayme Campos.

“Um dos nomes mais fortes e bem cotados para vice é do Otaviano Pivetta, que fez dobradinha com o Mauro em 2010 na mesma condição. Uma vaga para Senado será de Jayme Campos e a outra, será do PRB, com o Adilton Sachetti, com a possibilidade de Carlos Favaro desistir da senatoria para disputar uma vaga na Câmara Federal. São estas possibilidades que estão sendo conversadas, mas tudo ainda está em fase de negociação. Até o final do mês, serão definidos os nomes que irão para a convenção”, revelou.

O DEM ainda não confirmou oficialmente a data de sua convenção que vai definir oficialmente as chapas majoritária e convencional para o pleito eleitoral, bem como os partidos que vão integrar o grupo de alianças. Entretanto, segundo Júlio Campos, este grande encontro deverá ser realizado no dia 25 de julho.

“Estamos nos articulando para que no dia 25 de julho seja feita a convenção do DEM, quando iremos homologar a candidatura de Mauro Mendes ao Governo e a de Jayme Campos ao Senado, bem como as coligações que iremos fazer. Vamos disponibilizar aos outros partidos o vice-governador, a outra vaga para o Senado e as quatro suplências de senador. Assim estaremos contemplando os aliados e prestigiando várias regiões do Estado”, completou.

Imprimir essa matéria

Faça o seu comentário

Return to top of page