CUIABÁ
05 de dezembro de 2021 - 19:11

Imposto único

wellington_fagundes

Apesar de considerar uma boa proposta, o senador Wellington Fagundes (PL) acredita que a proposta de unificar a alíquota do ICMS sobre os derivados do petróleo, como gasolina, diesel, gás de cozinha, além do etanol e biodiesel, dificilmente avançará no Congresso Nacional. “O Brasil precisa de uma reforma tributária profunda e já perdemos tempo em não fazê-las. Reformas se fazem no início da gestão e sou pessimista quanto ao avanço da modificação tributária no país. A Receita Federal tem sempre a preocupação de que haverá queda na arrecadação”. Fagundes diz que defende imposto único, simplificando todos os tributos em apenas um, pois o excesso de impostos e alta carga tributária só favorecem a sonegação fiscal.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também