CUIABÁ

Governador pede que Gilberto permaneça na gestão da saúde por mais tempo

O pedido se deve ao aumento de casos de Covid-19 e Influenza H3N2 em todo o estado

publicidade

O governador Mauro Mendes (DEM) pediu ao secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, que permaneça no cargo por mais tempo. Ele havia confirmado sua saída para 31 de janeiro, já que tem interesse em disputar uma das 24 vagas de deputado estadual nas eleições de outubro.

A descompatibilização é exigência legal e deve ocorrer até seis meses antes do pleito. Portanto, Figueiredo tem até abril para deixar a pasta e o governo, já que é servidor público da carreira da educação.

Mauro Mendes confirmou que o pedido se deve ao aumento de casos de Covid-19 e Influenza H3N2. Nas últimas 24h, foram registradas 21 mortes pelo vírus.

O governador ainda não anunciou o nome da pessoas que irá substituir o secretário após seu desligamento.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade