CUIABÁ

Forças de Segurança apreendem carga de cerveja avaliada em R$ 230 mil

caminhão_cevado

publicidade

Por Esportes & Notícias

Um esquema de vendas de cervejas sem notas fiscais próximo a fronteira entre Mato Grosso e a Bolívia foi desbaratada pelas Forças de Segurança de Mato Grosso. Foi apreendido um carregamento da bebida, avaliado em R$ 230 mil que estava na mãos de contrabandistas na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade. A operação foi coordenada pela Polícia Civil do Estado com o apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e auxílio da Secretaria Estadual de Fazenda.

Alertados pela Secretaria Estadual de Fazenda que constatou um movimento enorme de cargas de cervejas em várias cidades próximas a fronteira com a Bolívia, a Força de Segurança iniciou uma investigação que descobriu que as cervejas estavam sendo destinadas a estabelecimentos comerciais situados em glebas rurais e que não tinham condições de comprar grandes quantidades da bebida.

Através de informações da unidade de Cáceres da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) os policiais chegaram a várias propriedades agrícolas onde averiguou um número de notas fiscais emitidas para um bar, localizado na gleba Nova Fortuna, em milhões de reais adquiridos em cerveja, sem que tenha havido qualquer saída da mercadoria. Antes, em agosto, uma fiscalização da Sefaz havia localizado uma fazenda onde estava depositada uma grande carga de cerveja e o transbordo dessa carga seria feito para caminhões emplacados na Bolívia.

Com base nos fatos, foi realizada a troca de informações com os policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), que passaram a dar ênfase nas fiscalizações desse tipo de carga.

Conforme o delegado de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Paulo Berté, logo no primeiro fim de semana, um carregamento de cerveja avaliado em cerca de R$ 230 mil foi apreendido na fronteira. “Na ocasião duas pessoas foram presas em flagrante pelo crime de descaminho tentado”, destacou o delegado.

Já no dia 21 de agosto, a Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade foi acionada para atender um acidente de trânsito na zona rural, envolvendo uma carreta Mercedes Benz carregada de cerveja, que tombou na estrada que dá acesso à Gleba Nova Fortuna. Os policiais encontraram o carregamento espalhado pelo solo e os proprietários da carga providenciaram a a retirada das bebidas.

A investigação identificou que a nota fiscal que acompanhava a carga de cerveja tinha como destino uma empresa que não existia fisicamente, cujo endereço era um pequeno bar da gleba, localizada na faixa de fronteira.

Diante disso o sócio próprio da empresa foi ouvido na Delegacia de Vila Bela e acabou revelando que havia aberto a empresa apenas para usar de fachada no esquema de remessa de mercadorias para a Bolívia.

O inquérito instaurado pela Polícia Civil está tramitando na delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, para total esclarecimento dos crimes evidenciados, bem como a responsabilização dos envolvidos no esquema criminoso.

Nesta sexta-feira (17.09), a Polícia Civil fez a entrega da carga de cerveja apreendida à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), que fará as autuações fiscais contra os envolvidos.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade