Skip links


Emanuelzinho pede os primeiros votos em reuniões marcadas pela emoção e empolgação

O candidato a deputado federal Emanuelzinho (PTB) pediu votos em suas primeiras reuniões realizadas em diversos bairros de Cuiabá, em especial na região do Santa Izabel, qual a tônica foi de emoção e empolgação no primeiro dia oficial de campanha eleitoral.

Por: Esportes & Notícias

O candidato a deputado federal Emanuelzinho (PTB) pediu votos em suas primeiras reuniões realizadas em diversos bairros de Cuiabá, em especial na região do Santa Izabel, qual a tônica foi de emoção e empolgação no primeiro dia oficial de campanha eleitoral. “Essa é reunião muito especial que nunca vai sair da minha mente e do meu coração. É a primeira reunião oficial em que eu posso e que eu peço voto.

Peço a confiança de vocês e a minha única promessa será trabalhar, trabalhar e trabalhar”, externou com brilhos nos olhos. Durante seu discurso, o jovem de 23 anos se apresentou aos presentes sempre reforçando o desejo de ajudar as pessoas.

Nesse prisma, resumiu brevemente alguns dos trabalhos voluntários já prestados à sociedade como, por exemplo, a promoção gratuita de cursos de dicção, oratória e Gestão Pública, inclusive reencontrando uma ex-aluna.

“Conheci ele em um curso de oratória oferecido em meu local de trabalho no bairro Paiaguás. Curso esse para pessoas que queiram aprender a falar sem inibição em publico e também para o público de baixa renda que tem vontade de aprender e não possui condições para pagar. Agora vendo ele abraçar essa oportunidade para ajudar a sociedade, olha eu gostei muito! Discurso bom! Ele é jovem, dinâmico, simples e o melhor cheio de novas ideias e com muito gás para enfrentar os desafios da politica”, disse Helena Almeida.

Entre as propostas apresentadas pelo candidato nas reuniões, a área da saúde ganhou destaque nesse primeiro momento. Emanuelzinho se comprometeu a buscar a construção de um hospital federal em Mato Grosso, totalmente custeado pelo Governo Federal. De acordo com o candidato, a União fica com a maior parte dos impostos arrecadados o que faz os municípios ficarem com parte da fatia de menos de 15% sendo insuficientes para realizar a manutenção, no caso da saúde, dos hospitais regionais e Pronto-socorro.

“Os hospitais estão superlotados, são demandas do interior vindo para Capital e até de outros países como Venezuela e Bolívia. A maior parte dos nossos impostos vai para o Governo Federa e o município tem que arcar com tudo isso sozinho, não aguenta. Falta leito, insumo e toda essa trabalheira. Portanto, vai ser uma bandeira do Emanuelzinho buscar o hospital federal” frisou.

As primeiras agendas do candidato pelo PTB foram marcadas pela apresentação corpo a corpo de modo que as pessoas possam conhecer sua história e suas ideias que o categoriza como juventude e renovação, o principal perfil procurado nessas eleições.

Imprimir essa matéria

Faça o seu comentário

Return to top of page