Emanuel e primeira dama entregam manto que cobre a imagem do Senhor Bom Jesus de Cuiabá

A entrega do manto à principal autoridade da cidade é um pedido de intercessão para que o padroeiro direcione as ações daquele que está à frente da cidade.
emanuel_rezando

Da Redação

O prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB) e a primeira-dama Márcia Pinheiro participaram na manhã deste domingo (27), da missa em honra ao Senhor Bom Jesus – Padroeiro de Cuiabá, realizada na Catedral Basílica Bom Jesus de Cuiabá (igreja da Matriz).

Ao final da missa, o prefeito realizou a entrega do manto que cobre a imagem do Senhor Bom Jesus, ao Padre Deusdédit Monge. O ato marca o encerramento dos festejos em homenagem ao padroeiro, que neste ano, devido a pandemia da covid-19, não será realizada.

A entrega do manto à principal autoridade da cidade é um pedido de intercessão para que o padroeiro direcione as ações daquele que está à frente da cidade. É uma tradicional simbologia de fé, buscando sempre que o Bom Jesus de Cuiabá ilumine as tomadas de decisões de nossos gestores e nossa cidade esteja protegida.

“Sempre procuro manter firme a história e tradição da nossa cidade, que inclusive, a história e desenvolvimento de Cuiabá está muito ligada e enraizada a com a fé cristã, especialmente com a participação da comunidade católica. Iniciamos o domingo pedindo bençãos ao nosso Senhor Bom Jesus de Cuiabá, que Ele nos proteja e nos guarde em nossa caminhada”, lembra o prefeito Emanuel.

História

A tradição está presente na cuiabania há 300 anos. A festividade em honra ao padroeiro da capital foi retomada há cerca de 6 anos, sempre precedida por uma novena em Honra e Glória ao Senhor Bom Jesus com a tradicional missa, procissão e quermesse no encerramento.

O prefeito recebe o manto que cobre a imagem e fica como guardião durante todo o mês de setembro, devolvendo o manto no encerramento das festividades.

Emanuel foi quem estabeleceu a data realização da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá no último domingo do mês de setembro de cada ano se deu em 2017, quando ainda era deputado estadual, ele propôs um projeto de lei instituindo a data no calendário de eventos de Mato Grosso.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também