CUIABÁ

Eleições 2022: Comissão do TRE-MT prepara auditoria da votação eletrônica

Representantes de partidos ou coligações, assim como de entidades representativas da sociedade, podem se habilitar para acompanhar o processo
TRE-MT

publicidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) iniciou, nesta quarta-feira (03.08), os preparativos para a auditoria da votação eletrônica das Eleições Gerais de 2022. Instituída pela Resolução n° 2713, a comissão responsável pelo procedimento é presidida pelo juiz de Direito da Comarca de Cuiabá, Jurandir Florêncio de Castilho.

“A comissão trabalha com toda a logística da realização da auditoria nas urnas eletrônicas, que acontece efetivamente no mesmo dia e horário das eleições. São membros estratégicos, cada um de uma área específica, responsáveis por um ponto do trabalho. Iniciamos as reuniões para concatenar as ideias de cada um para que possamos realizar o trabalho da melhor forma possível”, afirmou Castilho.

Fazem parte da comissão os servidores do TRE-MT Karina Dziedzic, que atuará como secretária, Marcela Alves Lopes Mendes de Oliveira, Ronaldo Moisés Nadaf, Nair Regina dos Santos Correa, Sandro Gonçalves Delgado, Lealdo Floresta de Oliveira, e pelos suplentes Hélida Vilela de Oliveira, Márcio Conceição de Lara Cunha, Paulo Jefferson Pedroso, Alison Eduardo Pereira Silva, Luciano Bortoluzo e Eduardo Vieira de Araújo.

Os trabalhos da Comissão de Auditoria serão acompanhados ainda pelo representante do Ministério Público indicado pela Procuradoria Regional Eleitoral, Ricardo Pael Ardenghi.

Representantes de partidos ou coligações, assim como de entidades representativas da sociedade, também podem se habilitar para acompanhar o processo.

Auditoria das urnas

Regulamentado por meio da Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) n° 23.673/2021, o trabalho consiste em uma auditoria nas urnas eletrônicas em condições normais de uso. Todo o processo é filmado e aberto ao público.

Na véspera do dia da votação, o juiz eleitoral, em audiência pública, sorteará urnas eletrônicas de sessões eleitorais que seriam utilizadas no pleito. Essas urnas serão transportadas para Cuiabá, onde será realizada uma votação simulada no dia seguinte, no mesmo horário da votação oficial.

No final, são impressos os relatórios da urna e do sistema de auditoria, comparando os resultados.

Compartilhe essa Notícia

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade