CUIABÁ
22 de janeiro de 2021 - 14:41

Dólar termina dia com leve queda e acumula recuo de 7,2% em novembro

© REUTERS/Mike Segar/Diretos reservados
© REUTERS/Mike Segar/Diretos reservados


Em um dia de vaivém no mercado, o dólar encerrou esta sexta-feira (27) com pequeno recuo e acumula recuo de mais de 7% em novembro. A bolsa de valores  também alternou altas e baixas, mas fechou o dia com leve alta e registra ganho de quase 18% no mês.

O dólar comercial fechou o dia vendido a R$ 5,326, com recuo de R$ 0,01 (-0,18%). A cotação operou em alta ao longo de boa parte da sessão, chegando a R$ 5,37 por volta das 11h, mas não sustentou a valorização ao longo da tarde até fechar próxima da estabilidade.

A divisa fechou a semana com recuo de 1,13%. Esta foi a segunda semana consecutiva de retração do dólar, que acumula queda de 7,2% em novembro. Em 2020, a moeda subiu 32,72%.

No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, encerrou o dia aos 110.575 pontos, com alta de 0,32%. O indicador chegou a subir 1,25% perto das 13h, mas recuou durante a tarde até terminar próximo da estabilidade.

Com ganhos há quatro semanas seguidas, a bolsa subiu 4,28% nesta semana e acumula alta de 17,7% em novembro. Se fechar com estabilidade na próxima segunda-feira (30), o Ibovespa terá o melhor desempenho mensal desde outubro de 2002. Em volta a níveis anteriores ao início da pandemia de covid-19, o índice acumula queda de 4,38% no ano.

Nesta sexta-feira, o mercado foi influenciado por fatores externos. Além de progressos recentes no desenvolvimento de vacinas para a covid-19, os investidores reagiram a sinais de retomada na economia chinesa e a expectativa de que o governo de Joe Biden injete dólares na economia global.

Mais otimismo nas economias avançadas aumenta a disposição dos investidores em aplicarem em países emergentes, como o Brasil. No maior nível desde o início de março, os preços das commodities (bens primários com cotação internacional) também beneficia a economia brasileira, ao melhorar os termos de troca do país com o exterior.

*Com informações da Reuters

Edição: Nádia Franco

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também