CUIABÁ
18 de janeiro de 2021 - 12:36

Cuiabá se beneficia de derrotas de CSA e Juventude e Série A fica mais próxima

Nesta quarta-feira, a delegação treina já visando a partida contra o Guarani. Aal admite que para este jogo pode promover mudanças no time
cuiabá_treino

Por Esportes & Notícias

O Cuiabá vai para a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B na isolado na terceira posição, com55 pontos, três a mais que seus dois principais concorrentes a subir para a Série A, a elite do futebol brasileiro, CSA e Juventude, que estão com 52 pontos ganhos. A próxima rodada começa na quinta-feira e o representante mato-grossense vai receber, na Arena Pantanal, a partir das 20h30, o Guarani, de Campinas. Mas, antes, como fez com sucesso na noite desta terça-feira, onde o CSA perdeu de 2 a 0 para o Paraná e o Juventude sofreu virada de 2 a 1 para o Brasil de Pelotas, além da derrota do Sampaio Correa de 2 a 1 para o Botafogo de Ribeirão Preto, terá de torcer na noite de quarta-feira para que o Avaí não vença o Vitória. O jogo será em Florianópolis e é de desespero para os dois times.

A 34ª se não foi de conquista de três pontos diante da Ponte Preta acabou sendo excelente para o Cuiabá. Empatou em 2 gols, conquistando um ponto que o levou para a terceira colocação com 55 pontos ganhos em 15 vitórias. Depois foi torcer. O plantel ganhou folga na terça-feira após o retorno para a capital mato-grossense e com a missão de torcer contra os principais concorrentes. Em Pelotas, no Rio Grande do Sul, o Juventude ainda chegou a marcar primeiro, o que o levaria aos mesmos pontos conquistados pelo Cuiabá. Mas, em uma vitória sensacional, o Brasil virou e ganhou por 2 a 1. Melhor foi o que aconteceu em Curitiba, o Paraná, que luta desesperadamente contra o rebaixamento venceu o CSA por 2 a 0. Dois resultados que deixam o Cuiabá ainda mais motivado pela briga para uma das quatro vagas para a Série A.

Nos outros dois jogos da terça-feira, o Sampaio Correa, com 45 pontos, chegou a ficar na frente do Botafogo, mas também sofreu virada. Ainda tem quatro jogos, mas agora as chances de subir são praticamente remotas. Já o América foi ao Recife, empatou sem gols com o Náutico e é o primeiro clube a comemorar a subida para a Série A. Soma 66 pontos e não pode mais ser alcançado pelo quinto colocado, o Juventude, com 52 pontos e com 12 a ser disputado. A Chapecoense, que caiu para a Série B em 2019, também comemora a volta para a elite. Venceu o Figueirense por   2  a 1 soma 65 pontos. As duas equipes vão brigar nas últimas quatro rodadas para saber quem será a campeã da competição.

RUMO A SÉRIE A

Mas, apesar de tido uma rodada considerada excelente, onde buscou um ponto e viu rivais perderem, o Cuiabá ainda tem uma missão difícil em sua luta para subir para a Série A, na sua segunda participação na Série B. Faltam quatro jogos: quinta-feira, dia 14, na Arena Pantanal, diante do Guarani; dia 19, em Curitiba, contra o desesperado Paraná; dia 22, novamente em Cuiabá, na Arena Pantanal, contra o Sampaio Correa e encerrando sua participação na competição, dia 30, em Maceió, Alagoas, contra o CRB.

Assim, cada jogo será uma decisão. Vencendo o Guarani irá a 58 pontos e poderá ter a chance, se os adversários não voltarem a sofrer tropeços nesta próxima rodada, de decidir a classificação em casa, dia 22 de janeiro, contra o Sampaio Correa.

Allan Aal, prefere enfatizar que o importante agora é focar jogo a jogo, fazer o dever de buscar a vitória, partidas perfeitas para não ser surpreendido e garantir, assim, a classificação. Diz que todos os jogos serão difíceis, verdadeira decisão de campeonato.

Nesta quarta-feira, a delegação treina já visando a partida contra o Guarani. Aal admite que para este jogo pode promover mudanças no time. Ele gostou da atuação de Elvis, no segundo tempo diante da Ponte Preta e o meia, que dá mais poder ofensivo ao time poderá iniciar o jogo. Nas demais posições não deve haver mudanças.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também