CUIABÁ

Sem dar nenhum chute ao gol, Cuiabá decepciona e é eliminado da Copa do Brasil

Com a eliminação na Copa do Brasil e na Sul-Americana, o Dourado só tem o Campeonato Brasileiro pela frente na temporada
AssCom Dourado

publicidade

O Cuiabá foi eliminado da Copa do Brasil ao ser derrotado por 5 a 4 nas penalidades máximas, após um empate sonolento sem gols no tempo normal. Com a eliminação na Copa do Brasil e sem chances de avançar ao mata-mata da Sul-Americana, o Dourado só tem o Campeonato Brasileiro pela frente na temporada.

Além da questão esportiva, a financeira deixa a situação ainda mais complicada, isso porque, o time mato-grossense deixa de receber R$ 3 milhões aos cofres do clube.

O jogo
Cuiabá e Atlético-GO protagonizaram um jogo pouco atrativo na primeira etapa e não tiveram uma chance clara de gol sequer. Shaylon, do time goiano, teve a principal oportunidade, em chute de fora da área, aos 33 minutos, mas longe de levar perigo à meta do goleiro Walter. Este empate sem gols leva a decisão aos pênaltis.

Na volta do intervalo, o Cuiabá ensaiou uma pressão nos 10 minutos iniciais, mas deixou baixou o ritmo e foi dominado pelo Atlético-GO. Do outro lado, o Dragão ocupou mais o campo ofensivo, porém não teve grandes chances para marcar. Sem muita emoção no tempo normal, a vaga foi decidida nas penalidades máximas.

Pênaltis

Cuiabá: Alan Empereur acertou; Pepê errou; Uendel acertou, Rodriguinho acertou.

Atlético-GO: Airton acertou; Baralhas acertou; Leo Pereira acertou; Edson Fernando acertou Marlon Freitas acertou

Agenda
Os dois times voltam a campo no fim de semana pela sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. No sábado (14), às 18h (de MT), o Dragão enfrenta o Atlético-MG. Já no domingo (15), o Cuiabá visita o São Paulo, às 15h (de MT), no estádio do Morumbi.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade