Corpo cai de carro funerário e é ‘esquecido’ no meio da rua; veja o vídeo

Uma agência funerária deixou um caixão cair no meio de uma rua e precisou voltar para buscar o falecido que está indo para a última morada
defunto_caiu

Da Redação \Com Istoé

 

Uma agência funerária deixou um caixão cair no meio de uma rua em Cruzeiro, no interior de São Paulo.

O caso ocorreu no segunda-feira (9) e o momento em que o carro de funerária retornou para buscar o caixão foi gravado pela moradora Edna Souza.

Edna contou que viu quando o carro da agência funerária passou em alta velocidade pela rua íngreme e deixou o caixão cair. “Eu estava descendo a rua quando o carro da funerária passou por mim. E achei estranho, porque essa funerária não é de Cruzeiro. Depois [que o caixão caiu], um senhor subiu até lá e verificou que tinha um corpo”, contou Edna

 Edna contou que viu quando o carro da agência funerária passou em alta velocidade pela rua íngreme e deixou o caixão cair. “Eu estava descendo a rua quando o carro da funerária passou por mim. E achei estranho, porque essa funerária não é de Cruzeiro. Depois [que o caixão caiu], um senhor subiu até lá e verificou que tinha um corpo”, contou Edna ao Uol.

De acordo com a moradora, ela acionou a polícia, e cerca de 15 minutos depois, o carro da funerária retornou. “A polícia chegou, eu avisei e eles pararam para pegar o corpo.”

Ela afirma acreditar que os funcionário devem ter voltado assim que chegaram ao local do velório, que fica a pouco mais de 1 km de distância.

“Pelo tempo que demorou para [os agentes funerários] voltarem, eles só se deram conta [da falta do corpo] quando chegaram ao velório.

Quando fui embora, eu passei na frente do cemitério e vi uma família lá.” A funerária foi procurada pelo Uol, mas não retornou até o momento da publicação.

veja o vídeo do resgate do caixão

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também