CUIABÁ

Campanha de vacinação contra a poliomielite inicia dia 15 de agosto em Mato Grosso

Campanha estava prevista para começar na próxima segunda-feira (08.08), mas devido ao atraso do envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde, a SES decidiu pelo adiamento do início da vacinação

publicidade

O início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em Mato Grosso inicia no dia 15 de agosto. A campanha estava prevista para começar na próxima segunda-feira (08.08), mas em razão do atraso do envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) decidiu pelo adiamento do início da vacinação.

Cerca de 170 mil doses da vacina chegaram nesta quinta-feira (04.08) na Rede de Frio do Estado. A superintendente de Vigilância e Atenção à Saúde da SES, Alessandra Moraes, explica que as equipes não teriam tempo hábil para distribuir as doses aos municípios até a próxima segunda-feira.

“Neste momento, as equipes da Vigilância Estadual trabalham no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento. A distribuição das doses aos municípios deve iniciar em breve”, informa Alessandra.

A partir do dia 15 de agosto, devem ser imunizadas contra a poliomielite crianças menores de cinco anos de idade. A estimava é de que sejam vacinadas 227.559 crianças desta faixa etária.

Em Mato Grosso, também foi adiado para o dia 15 de agosto o início da campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente menor de 15 anos de idade. As vacinas para esta campanha chegaram nesta quinta-feira (04.08) na Rede de Frio do Estado. São aproximadamente 700 mil doses de vacinas que integram o Calendário Nacional de Vacinação.

As campanhas de vacinação contra a poliomielite e multivacinação coincidirão com a continuidade da vacinação contra a Covid-19. “A vacina contra o coronavírus poderá ser administrada de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de três anos de idade”, esclarece Alessandra.

Compartilhe essa Notícia

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade