CUIABÁ
05 de dezembro de 2021 - 19:35

Avião que seria de lobista no esquema do VLT é apreendido pela PF com meia tonelada de cocaína

8f69a1b0-4a76-492d-a7e7-b68933a5fc77

Por Esportes & Notícias

A Polícia Federal (PF) apreendeu na semana passada uma grande quantidade de cocaína que estava escondida em uma aeronave que realizou o pouso no Aeroporto Internacional de Salvador, Bahia. O que chamou a atenção dos agentes federais, é que a aeronave pertence a uma empresa que tem como sócio, o advogado Rowles Magalhães Pereira da Silva, que de acordo com o portal UOL foi o delator  do esquema fraudulento nas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

O voo saiu de São Paulo com destino a Portugal, mas a aeronave apresentou uma pane mecânica e precisou pousar na Bahia. A equipe de mecânicos do aeroporto foi checar o avião e encontraram a droga e acionaram a PF. Os agentes foram ao local e com auxílio de cães farejadores encontrara, mais entorpecentes na aeronave totalizando 500 kg de cocaína.

Os tripulantes da aeronave juntamente com a droga foram encaminhados para a Superintendência Regional da Polícia Federal para prestarem depoimentos. Após serem ouvidos, piloto e co-pilotos foram liberados.

Ricardo Monteiro, que patrocina a defesa de Rowles disse que seu cliente com os sócios tem a intenção de comprar a empresa aérea, mas ainda aguarda a aprovação de financiamento de um banco português, por isso ainda não assumiram as operações da aeronave, e o jurista ainda acrescentou que drogas vem sendo colocadas sem conhecimento dos tripulantes, há algum tempo com empresas aéreas conceituadas da Europa.

As investigações por parte da Polícia Federal continuam e os responsáveis podem responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Na época da denúncia, Rowles teria delatado uma propina no valor de R$ 80 milhões na licitação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande, que foi contratado ao custo de R$ 1,477 bilhão.

O seu nome surgiu como delator no portal de notícias, mas o advogado negou que tenha feito a delação sobre o escândalo que levou a prisão de vários políticos no estado, inclusive do ex-governador Silval Barbosa que confirmou o esquema milionário de corrupção envolvendo obras da copa.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também