Avião com irmão de ex-governador de GO tem pane em motor e cai em MT

Dados parciais constam no relatório do Seripa, que apura o que aconteceu. Avião fez pouso forçado no dia 3 de maio e se partiu ao meio com o impacto da queda.
Avião caiu em Vila Rica

Por: G1

Uma falha no motor teria causado a queda do avião, com Antônio Perillo e o seu advogado a bordo e o acidente aconteceu em Vila Rica, a 1.276 km de Cuiabá, no começo deste mês. A informação consta no relatório do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

A aeronave, prefixo PT-RZN, partiu ao meio após tentar arremeter, atravessar a BR-158 e cair do outro lado da rodovia na manhã do dia 3 de maio. As informações, ainda preliminares, apontam que a aeronave, que estava com o piloto e dois passageiros, apresentou uma falha e as luzes do trem de pouso não acenderam.

Ao iniciar o procedimento de arremetida, o piloto percebeu que o motor falhou ou apresentou um mau funcionamento. Foi realizado um pouso forçado e o avião partiu ao meio com o impacto da queda.

O irmão do ex-governador de Goiás Marconi Perillo, Antônio Pires Perillo, e o advogado João Paulo Brzezinski da Cunha, eram os passageiros do avião. Eles tiveram ferimentos leves e foram atendidos em uma unidade de saúde do município.

Conforme a Polícia Civil, no dia anterior ao acidente, Antônio Perillo e o advogado seguiam para uma fazenda, alvo de uma reintegração de posse, quando o piloto precisou fazer um pouso forçado após uma pane no avião.

Essa propriedade onde eles desceram fica ao lado da fazenda para onde eles pretendiam ir e na mesma região de Vila Rica. No entanto, os funcionários da fazenda, por ordem do proprietário da fazenda, bloquearam a pista e não deixaram o avião decolar. Ainda ameaçaram atear fogo na aeronave no dia seguinte.

Por causa disso, o advogado descolou até a fazenda onde a polícia estava fazendo a desocupação e pediu ajuda. A Polícia Militar então foi à propriedade, liberou a pista e prendeu duas pessoas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

TOP VÍDEOS

Veja Também