Assembleia Legislativa prepara retorno às atividades com polêmicas e eleições

E a pressa é grande, pois em ano eleitoral os parlamentares deverão fazer incursões mais prolongadas em suas bases eleitorais para consolidar seus nomes na eleição para prefeituras ou o apoio a seus candidatos.
Foto: JLSIQUEIRA / ALMT
Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Por Esportes e Notícias

Esta é a última semana de folga para os deputados estaduais de Mato Grosso, que na próxima segunda-feira retornam às atividades legislativas após o recesso parlamentar. A previsão é a de que a primeira semana de trabalho será intensa com várias pautas para serem votadas. E a pressa é grande, pois em ano eleitoral os parlamentares deverão fazer incursões mais prolongadas em suas bases eleitorais para consolidar seus nomes na eleição para prefeituras ou o apoio a seus candidatos.

Mas, se o parlamento só retorna na próxima semana, os servidores da Casa bem como o presidente do Legislativo, deputado Eduardo Botelho (DEM) já estão em pleno trabalho. Botelho inclusive prevê um ano complicado no parlamento. Segundo ele em ano eleitoral, algumas pautas do Governo podem sofrer reações adversas. Além disso lembra que muitos deputados querem ampliar sua bases e estão de olho nas campanhas eleitorais.

E a semana legislativa deve mesmo começar com o que mais vem preocupando o servidor público: a reforma da previdência. O presidente da Assembleia Legislativa lembrou que já tem uma agenda marcada para segunda-feira com representantes do Sindicato dos Delegados, que reclamam da alíquota quer era de 11% e agora passará a ser de 14%.

Servidores de praticamente todas as áreas estão se reunindo contra esta proposta, já aprovada, a toque de caixa pelo parlamento e reclamam também da Revisão Geral Anual – RGA -, ou seja querem aumento salário e o apoio parlamentar para forçar o governo a conceder o aumento.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também