Assembléia Legislativa abre exposição em homenagem ao ex-governador Dante de Oliveira

Autoridades enaltecem perfil do ex-governador de Mato Grosso e líder das Diretas Já
Exposição dante de Oliveira

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso abriu nesta segunda-feira (8) a exposição “Dante Martins de Oliveira” que vai durar até sexta-feira (12).

Neste período, será possível verificar de perto objetos pessoais como óculos e camisetas vestidas em movimentos políticos, fotografias históricas, nas quais estão figuras como o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-deputado federal Ulysses Guimarães e a cantora Fafá de Belém, além de outros artistas, políticos e personalidades. A exposição é uma iniciativa do deputado estadual Wilson Santos (PSDB).

Ex-governador de Mato Grosso por dois mandatos, Dante Martins de Oliveira entrou para a história do Brasil ao liderar em 1985 o movimento “Diretas Já” que levou milhões de populares aás ruas para reivindicar voto direto para presidente da República após o fim do regime militar.

Na abertura da exposição, o presidente do Legislativo, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), declarou que o poder cumpre com sua missão de preservar a história e oportunizar às novas gerações que tenham conhecimento da figura política que foi Dante de Oliveira.

“A cada ano promovemos essa exposição para que a população, em especial os mais jovens, tenham conhecimento dessa importante figura política que foi para Mato Grosso e o Brasil. A liderança de Dante de Oliveira deve servir de exemplo para quem busca ingressar na política”.

O deputado Wilson Santos destacou a trajetória política de Dante de Oliveira, sempre preocupado em formar boas equipes de trabalho para apresentar resultados satisfatórios a sociedade mato-grossense que pudesse ser percebido ao longo dos anos.

“Dante de Oliveira dizia que o segredo para governar é formar uma boa equipe de trabalho escalando os melhores em cada setor. Foi assim que conseguiu modernizar Mato Grosso, tirando o Estado de uma situação financeira crítica onde 112% do que era arrecadado se destinava a folha de pagamento. Em oito anos como governador, colocou Mato Grosso no eixo do Brasil despontando a vocação agrícola e a produção de carne, aumentando o potencial energético e reduzindo a estrutura da máquina pública, que passou a ter como foco principal o cidadão”, disse.

Viúva de Dante de Oliveira, a prefeita de Chapada dos Guimarães (60 km de Cuiabá), Thelma de Oliveira (PSDB), agradeceu a iniciativa do Parlamento e revelou detalhes do perfil do ex-governador de Mato Grosso.

“O deputado constituinte Ulysses Guimarães carinhosamente o apelidou de mosquito porque era uma pessoa que não parava quando tinha um objetivo em mente. E foi assim como governador, se preocupava em identificar soluções até mesmo de madrugada ligando para secretários de Estado e outras lideranças”.

Secretário de Indústria e Comércio no mandato de governador de Dante de Oliveira, o deputado Carlos Avalone (PSDB) se diz orgulhoso de um dia ter convivido com alguém que considera um político diferenciado na história do Brasil.

“Um homem muito à frente do seu tempo. Assim vejo meu amigo Dante de Oliveira. Aonde estiver, espero que olhe muito por nós”, disse o parlamentar.

A exposição acontece no saguão principal da ALMT, de segunda a sexta-feira, no horário de funcionamento do Parlamento. 

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também