AL derruba dois vetos de Mauro Mendes e Botelho critica poderes de Rogério Gallo

botelho_sentado

Por Esportes & Notícias

A Assembleia Legislativa deu um duro recado ao governador Mauro Mendes (DEM) ao derrubar dois vetos do governo – o primeiro que proíbe a contratação de pessoas que passaram em concursos púbicos neste período de pandemia e o segundo que derrubou o não do governador a benefícios para pequenos comerciantes que possuem empréstimos com a Desenvolve MT, Agência de Fomento do governo do Estado.

Após a decisão do plenário virtual, contra os vetos do Governo, o presidente Eduardo Botelho (DEM), voltou a criticar a concentração de poder nas mãos do secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo e disse que Mauro Mendes precisa ser mais flexível em suas decisões ouvir setores fundamentais da sociedade. Botelho ainda lembrou que na semana passada os deputados mostraram que não estão no parlamentar apenas para referendar os pedidos e ordens do atual governo, como quando derrubaram o veto ao não pagamento do auxílio emergencial aos professores que seriam contratados pelo Estado e que ficaram sem emprego.

O plenário votou que os financiamentos feitos pela agência serão fixados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Empresarial de Mato Grosso (Cedem), artigo que havia sido vetado por Mauro Mendes. Foi quando Botelho criticou o secretário de Fazenda.

“Tudo vai para as mãos do secretário de finanças e ele quer o poder concentrado nas mãos dele. Quando vem um projeto assim ele quer reprovar, essa que é a verdade. Tem hora que isso irrita a gente, mas é isso que está acontecendo e nós aqui temos que tomas as nossas medidas. Não tem sentido, isso aqui é para criar condições da MT Desenvolve atender aos pequenos que vão ficar sem condições de trabalhar”, disse irritado o presidente da Assembleia.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também