Abílio Júnior descarta gastos na Campanha e diz acreditar que estará no segundo turno

abílio_junior

Por Esportes & Notícias

 

Com pouco recursos financeiras para fazer frente aos barões da política cuiabana, o vereador Abílio Brunini Júnior (Podemos) afirmou neste domingo que sua campanha à Prefeitura de Cuiabá será feita até da criatividade, redes sociais e muita conversa com o eleitor. Ele disse que terá o apoio da muitos amigos nesta empreitada e que acredita que estará no segundo turno e em grandes condições de ganhar a eleição.

Abílio Junior afirma que campanha política hoje em dia e, especialmente em período de pandemia, não se deve ostentar e gastar muito. Segundo ele é preciso mostrar isso ao eleitor e ter os pés no chão.

“A gente fez uns orçamentos e os preços são surreais, em torno de R$ 400 mil. O nosso discurso é de diminuir os custos da máquina pública, por isso, não faz sentido a gente gastar tanto com uma produtora. Eu sou designer gráfico e vou fazer as artes gráficas. Os vídeos, serão feitos pelo celular mesmo. Vamos tentar diminuir o máximo possível na produção e apostar mais na veiculação”, disse.

A máquina já não faz mais tanta diferença. É possível sim, se for da vontade da população, nós chegarmos ao segundo turno.

“Nossa campanha vai ser mais ou menos igual à criação do bolinho de chuva. O bolinho de chuva surgiu porque na época os pais não tinham dinheiro para comprar um bolo. É isso que vamos tentar fazer. Uma ideia criativa e de baixa economia”, acrescentou.
“Eu acho que a população está com um olhar diferente do processo eleitoral. A máquina já não faz mais tanta diferença. É possível, sim, se for da vontade da população, chegarmos ao segundo turno”, afirmou.

Anterior

Próximo

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

*Os comentários abaixo não representam nossa opinião.

SE GOSTOU DESSA, CONFIRA...

Veja Também